A origem de tudo.

Já que não viemos de um poder divino, do que viemos? 
É uma longa história...tem certeza que quer ouvir? 
-Sim, gostaria muito de saber cada detalhe, grato..

 
Bom, não posso te prometer cada detalhe, porque primeiro a ciência ainda não conhece todos e segundo, eu conheço menos ainda :p Sou um apenas um leigo curioso, então não confie 100% no rigor científico do que vou dizer.

"De onde viemos" é uma pergunta complexa, por isso até as respostas fáceis da religião costumam ser muito mais populares. Ela vai envolver pelo menos três assuntos distintos: Evolução, Origem da Vida e finalmente Origem do Universo. Apesar de geralmente tratarmos esses assuntos como um só e costumarmos misturá-los, eles são temas diferentes.

Começando pelo fim, a Evolução é, ao meu entender, a teoria mais bem estabelecida. No ponto em que estamos hoje, não há dúvidas de que ela acontece o tempo todo com todas as criaturas. Pra toda a teoria da evolução fazer sentido, você só precisa aceitar um argumento: que, às vezes, os filhos nascem diferentes dos pais. Esse é o motor da evolução, aceitando isso basta adicionar a seleção natural e (muito) tempo e toda a coisa faz um sentido irrefutável.

Muita gente se assusta com a afirmação (errada) de que "viemos do macaco". Essa afirmação é tão estranha quanto perguntar se "o poodle veio do cachorro". O poodle não veio do cachorro, o poodle -é- um cachorro. Assim também, o homem é um tipo de macaco, com uma mutação interessante: um cérebro mais potente. O resto todo foi consequência. A afirmação correta quanto à evolução é que o homem e as outras espécies de macaco compartilham um ancestral comum. Se essa afirmação te choca, imagine pensar que, se voltarmos bastante na escala do tempo, o homem compartilha um ancestral comum até com a beterraba :)

Mas a evolução fala apenas sobre transformações, logo ela só explica de onde viemos apenas a partir do ponto que já existe vida. Pra continuar a partir daí, precisamos saber como surgiu a primeira forma de vida na Terra. Aí entram várias teorias que explicam como a vida pode ter surgido por reações químicas naturais, ou vindo de outro planeta a bordo de fragmentos, etc. Nessa, no entanto, não temos como saber a resposta definitiva. Apesar de cada teoria explicar como a origem da vida é possível, não podemos saber qual foi realmente a causa verdadeira. Imagine que você pegou um resfriado - a ciência conhece várias das possíveis causas que podem ter te infectado, mas não sabe efetivamente qual aconteceu.

Por último, depois de saber como a vida evoluiu e como ela surgiu na Terra,, precisamos saber de onde veio a Terra em si. É aí que entra o Big Bang. A definição "popular" diz que o nada explodiu e dessa explisão nasceu a Terra, o que é logicamente um argumento ridiculo. O que diz Big Bang é que toda a matéria que existe no universo conhecido (atenção para o "conhecido") esteve um dia concentrada em um único ponto. Depois da expansão super acelerada (que não é uma explosão), a infinidade de partículas elementares foi se espalhando em forma de uma "poeira cósmica" e aos poucos essas partículas, se juntando pelas forças gravitacionais, começaram a formar estrelas, planetas, etc que estão até hoje se chocando violentamente, explodindo a velocidades estonteantes, o tempo todo destruindo estrelas e planetas e formando novos. Um verdadeiro caos interminável (ao contrário do que gostam de retratar poeticamente um universo harmonioso e perfeito) que poderia ser comparado, numa escala de tempo absurda, a bolhas de sabão se formando, juntando, crescendo e estourando numa banheira.

Isso é tudo o que pode ser dito, porque é tudo o que pode ser comprovado - nós só temos como saber o que aconteceu a partir de uma fração de segundo após o Big Bang, não podemos sequer "ver" o Big Bang em si. Muito menos saber "o que havia antes", se é que havia alguma coisa. Também não sabemos se esse universo conhecido é o único, ou se é cíclico (se expande e contrai repetidamente), ou se há incontáveis outros "Big Bangs" acontecendo em incontáveis outros pontos indescritivelmente distantes no universo, "explodindo" e se expandindo até se apagar completamente, como um show de fogos titânico.

Neste ponto, você é totalmente livre para inserir deus(es) como o "motor inicial" do Big Bang. Desde o início dos tempos, o homem inventou deuses para explicar as coisas que não entendia - basta ver como antigamente haviam vários deuses do Trovão, da Chuva, do Sol, etc. Mas a única resposta honesta para a origem do universo é: "Não sei".