A ciência basta para descartar Deus?

Há razões para o ateismo? Quais? Acho que somente a crença na ciência não é uma justificativa segura para se descartar a existência de Deus, pois ela (ciência) tem um campo limitado de abrangência, há realidades que escapam à experimentação empírico-analítica. Ademais, será que a ciência nos diz toda a verdade ou ela é apenas uma forma parcial de conhecer? Alguém me disse que os ateus que se justificam pela ciência são, no fundo, religiosos pois em sua maioria tendem a trocar Deus pela ciência, ou seja, endeusam a ciência!
--------------------

Ok, vamos por partes.

"Acho que somente a crença na ciência não é uma justificativa segura para se descartar a existência de Deus" Concordo. A ciência nunca foi um obstáculo pra mim enquanto eu era cristão, por exemplo nunca tive problemas em aceitar a evolução e atribuí-la à vontade divina.

Onde acho que você errou a mão foi perguntar quais as razões para o ateísmo. Por mais que não pareça, ateísmo é uma posição padrão.

Ok, tenho o pressentimento que agora vou ter que explicar... :)

[Atenção: vou usar um exemplo que pode parecer cômico, a mula-sem-cabeça. Minha intenção não é debochar, mas apenas usar algo absurdo o suficiente pra ter certeza que nem você nem a maioria dos que lerem isso vão acreditar. Se eu usasse discos voadores, orixás, viajantes do tempo ou qualquer coisa mais "séria", correira o risco de abrir um debate com acreditadores]

"Não acreditar" em algo é uma posição padrão. E quanto mais fantástica a afirmação, mais fantásticas são as evidências necessárias.

Se eu te disser que vi uma bicicleta ontem, você provavelmente vai acreditar sem problemas. Se eu disser que vi um atropelamento, você provavelmente vai querer saber mais, nem que seja por curiosidade. Se eu disser que vi a mula-sem-cabeça, você definitivamente vai querer provas.

Se eu apenas responder "você tem que ter fé", você não vai acreditar em mim. Com toda razão. Provavelmente, mesmo se eu te mostrar uma foto, você vai pelo menos desconfiar que é uma montagem.

Mulas sem cabeça não aparecem por aí. Não há nenhum registro sobre uma, e sua existência contraria tudo que sabemos sobre a natureza. Se eu quero seriamente convencer alguém que vi uma, eu vou precisar apresentar evidências REALMENTE boas.

Agora pense em um deus. Quanto um deus é mais fantástico que uma mula-sem-cabeça. Esqueça Big Bang, Evolução e qualquer outra coisa, pense apenas na lógica de um deus. É um ser completamente incorpóreo, acima de todas as leis da natureza, "oni"-um-monte-de-coisas que são que são contraditórias entre si, alegadamente se importa com nosso comportamento moral, e apesar de ser infinitamente bom, preparou um plano de tortura e agonia eternas para aqueles que falharem em satisfazer seus caprichos. E ainda criou o homem cheio de instintos que vão diretamente contra esses mesmos caprichos. Apesar de ser onisciente ele foi traído, ficou decepcionado, se arrependeu e mudou de ideia diversas vezes ao longo dos anos. Ele inventou uma regra absurda de que era necessário sacrificar alguém na cruz pra perdoar os pecados que ele podia perdoar simplesmente porque quis. Que poderia ter nos deixado regras claras e explícitas, mas preferiu falar através de parábolas que permitem múltiplas interpretações, algumas delas horrendas.

Ok, eu poderia ir longe nos exemplos de coisas absurdas e estranhas, mas deu pra entender a ideia.

Agora, poderia até considerar a possibilidade de, apesar de todos esses absurdos e contradições, esse deus possa mesmo assim existir. Mas para isso, você teria que me apresentar provas poderosas, cabais. Provas absolutas.

Mas o que há sobre esse deus?

Nada.

Apenas um livro antigo que exige um colossal malabarismo interpretativo só pra poder começar a ser levado a sério, uma sucessão de testemunhos pessoais, e uma virtude inventada chamada fé, que convenientemente diz que acreditar cegamente é uma coisa boa, mas APENAS quando se refere a esse deus.

ESSE é o motivo pra descartar deus. A ciência nessa história tem um papel secudário, na melhor das hipóteses.